- Aldeia de Vilar-

Reserva
para
não ires

e contribui para devolvermos a água à natureza

Aldeia de Vilar

Vilar da Amoreira, Portela do Fojo - Pampilhosa da Serra

Alojamento local em aldeia árida devido à seca extrema

Foi nos anos 50 que a Aldeia do Vilar trocou os seus habitantes pela água do Rio Zêzere, devido à construção da barragem do Cabril. A aldeia ficou inteiramente submersa e inacessível durante quase 70 anos.

Uma sucessão de verões quentes e secos deixou o país numa situação de seca grave. E em 2022, um novo período de seca extrema levou à descida do caudal do rio e voltou a colocar esta vila no mapa e à vista de todos.

Para mitigar os efeitos das alterações climáticas, devemos fazer uma gestão mais eficiente e um uso mais regrado da nossa água, e apostar em soluções baseadas na natureza, como o restauro ecológico.

Por isso, aqui fica o nosso apelo: reserva a Aldeia de Vilar...para não vires.
A tua reserva simbólica vai reverter numa doação para iniciativas da ANP|WWF que visam devolver água à natureza através do restauro ecológico.

Desejamos que, no futuro, não voltes a contemplar a aridez desta paisagem. Marca já a tua estadia nesta vila rústica minimalista na antiga margem do Rio Zêzere, e não vás. Deixa que seja a água a voltar a ocupar este espaço.

CHECK-IN
CHECK-OUT
total para 0 noites
0

Principais (in)comodidades

Vista para o rio cada vez mais baixo

Área envolvente ampla, árida e sem vida

Vizinhança inexistente

Animais permitidos, mas raramente encontrados

Acesso a ruínas devido à seca

Partilha